Como vamos de preguiça? A minha sementinha da preguiça continua sem água, mas ainda está querendo florescer. Acho que ela deve ser um tipo de cactos, só pode! Armazena o pouquinho da água que eu deixo cair no pós almoço e o utiliza nas horas em que eu tenho mais coisa para fazer. Não é fácil, é uma luta diária, mas os ensinamentos de Salomão trazem mais clareza e percepção para que possamos identificar o problema e agir da forma mais apropriada.

O segredo é planejar e balancear as nossas vontades e obrigações, fazendo uma divisão de horário que nos deixe satisfeitos. Descanso e diversão são cruciais para nos mantermos saudáveis. Portanto, um bom planejamento que englobe todas as áreas da sua vida pode te trazer mais tranquilidade e segurança.

Eu adoro ter um tempo pra assistir filme e me desligar das preocupações, mas como trabalho de modo autônomo, preciso me policiar. Sabe uma tática que funciona para mim? Eu organizo minha agenda semanal e deixo um dia do final de semana livre para a preguiça. Mas, para que eu possa usufruir sem peso na consciência eu faço uma troca. Caso eu consiga manter a disciplina e cumprir TODAS as metas da semana no tempo certo, eu tenho direito a esse dia de sofá. Agora, caso qualquer meta da minha agenda não seja cumprida, seja por preguiça ou por simples falta de dinamismo, eu perco o meu dia de sofá e faço o que faltou no lugar. Foi um jeito que encontrei para me motivar a cumprir minhas tarefas diárias.

Agora, isso funciona para mim porque tenho consciência da minha preguiça e consigo manejá-la ao meu favor. Como aprendi que isso funciona para mim¿ Com os passos que Salomão ensina para superar o obstáculo da preguiça e tornarmos diligentes. Você lembra quais eram esses passos?

Vou colocar o salmo relativo a cada um deles e explicar :]

Passo 1 – Acorde para a realidade

“Até quando dormirás, ó preguiçoso? Quando te levantarás do sono?… a pobreza te atacará como um bandido, e a necessidade, como um homem armado.” – PROVÉRBIOS 6:9-11

Esse primeiro passo pontua o fato de termos o costume de adiar as nossas metas. O autor deste livro, Steven Scott, dá o exemplo da perda de peso. Ele diz que 80% dos americanos estão acima do peso e que a maioria tem pretensão de ser mais saudável, no entanto, tudo se inicia na semana que vem, no mês que vem, no ano que vem… e, então, isso se torna um sonho impalpável. Portanto, primeiro passo é acordar pra realidade! Ter a consciência de que um dia perdido não volta mais! Precisamos realizar o máximo possível por dia, pois isso nos trará recompensas motivadoras.

Passo 2 – Defina suas visões

“A falta de visão leva as pessoas à ruína.” PROVÉRBIO 28:19

Ter uma visão definida, para mim, é o passo mais importante. Sem visão não sabemos qual caminho seguir, e, consequentemente, perdemos a motivação, paixão, alegria, dedicação e energia! Ter uma visão clara a respeito de alguma área da nossa vida nos recarrega a energia e nos impulsiona para frente, trazendo diligencia para o nosso dia.

Temos que ter metas a serem cumpridas a pequeno prazo! Não podemos adiar os compromissos mais importantes. Gostando ou não, temos que estar em constante movimento, fazendo o máximo possível por dia. Um dia que se passa é um dia perdido que não será recuperado, e isso tudo é questão de ter um bom planejamento – fica tranquilo(a) que no próximo post vou explicar o método de mapeamento de visão de Salomão.

Passo 3 – Parcerias eficientes

“Na falta de conselhos, os planos fracassam, mas se realizam quando há muitos conselheiros.” – PROVÉRBIOS 15:22

É impossível fazer tudo sozinho(a)! Ninguém tem sabedoria sobre tudo, portanto, é essencial pedir conselhos ou fechar parcerias eficientes. O verdadeiro diligente não pede conselhos apenas quando está com problemas, ele procura conselheiros antes mesmo de precisar para que consiga alcançar a meta desejada com consciência e menos risco de fracasso.

 

 

Passo 4 – Persiga a sabedoria: faça dela o alicerce de sua vida.

“Melhor do que o ouro é adquirir sabedoria, e adquirir discernimento é melhor do que a prata.” – PROVÉRBIOS 16:16

O último passo nos ensina é que nunca podemos parar de procurar a sabedoria. Devemos fazer dela o alicerce da sua vida. Ele diz que devemos buscá-la como se fosse um tesouro perdido, porque quando a encontramos a recompensa é demasiadamente gratificante.

Pronto! São esses os 4 passos! No entanto, para que eles sejam postos em prática sem que a gente se sabote e se perca no caminho é necessário desenvolver a visão, mapeá-la e aprender como aplicar no dia a dia. Eu chamo isso de planejamento estratégico de cumprimento de metas.  Amo planejamento :] ele me faz ter paz de espírito e sentimento de estar no caminho certo, fazendo a coisa certa. Pra mim não existe algo mais gratificante do que ter minha consciência tranquila e satisfeita. Então, vamos na próxima semana pegar um papel e uma caneta e fazer esse planejamento juntos(as)? Te espero aqui! Obrigada!

Por Jessica Baroncelli Torretta

E-mail

www.jbtadvogada.com.br

Instagram

 

 

Compartilhar: